CAMPO BOM | Prevenção ao suicídio é tema de palestra do Programa de Educação Permanente

FOTO: Fernanda Hescher/Prefeitura de Campo Bom

Da redação* | Capacitar a equipe de atenção primária à saúde para identificar, abordar, dirigir e encaminhar pessoas que necessitam de auxilio é um passo muito importante na prevenção do suicídio. Esse foi o objetivo do mais recente encontro do Programa de Educação Permanente (PEP), evento realizado periodicamente pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), que na edição de quarta-feira, 25, no Auditório Marlise Saueressig, reuniu cerca de 250 profissionais da área da saúde. A ação teve como tema a palestra “Suicídio: um problema de saúde pública”, ministrada pela Psicóloga Cristiane Mertins, especialista em luto, formada pela UFRGS, que atua como servidora no município de Esteio.

Falar de suicídio é sempre difícil. A prevenção do suicídio é um termo usado para as tentativas coletivas de organizações institucionais e pessoas envolvidas com a saúde para reduzir a incidência do suicídio. Suicídio é um problema complexo para o qual não existe uma única causa ou a única razão. Ele resulta de uma complexa interação de fatores biológicos, genéticos, psicológicos, sócias, culturais e ambientais. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMG), estima-se que hoje uma pessoa atente contra sua própria vida a cada 40 segundos.  em todos os países.

Para a titular da SMS, Suzana Ambros Pereira, o suicídio é questão de saúde pública. “É importante termos esse olhar atente, como profissionais e como seres humanos e que, apesar de todas as dificuldades do dia a dia, saibamos ter a sensibilidade de olhar para o irmão que caminha ao nosso lado e que muitas vezes só precisa de um apoio”, define Suzana.

*Com informações da Prefeitura de Campo Bom 

Agência GBC

Em Agência GBC, você encontra notícias de Canoas, da região e do RS, prestação de serviço, áudios, vídeos e muito mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *