CANOAS | Vereadores se reúnem com a Metroplan para discutir a situação da Vicasa

Foto: Câmara de Vereadores de Canoas/Divulgação

Da redação | Os vereadores de Canoas se reuniram na última quita-feira (7) com representantes da Metroplan e da Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados do RS (Agergs) para tratar das reclamações dos usuários da Vicasa sobre os horários e itinerários das linhas.

Desde que as mudanças começaram, em janeiro, os passageiros tem relatado uma série de problemas. O principal deles é a redução dos horários nas linhas integração e intermunicipal. Os vereadores criticaram não apenas as mudanças, mas o fato de a empresa não ter informado a comunidade. O presidente da Câmara, vereador Cezar Mossini (MDB), ressaltou que o objetivo é não deixar a população desassistida.

Leia também:
Vicasa altera itinerário de linha do Integração
Vicasa lidera lista de reclamações entre empresas de ônibus

O diretor de Transportes da Metroplan, Vinicio Salvagni, admitiu a possibilidade de promover ajustes pontuais no plano de reestruturação operacional apresentado pela Vicasa e sugeriu a criação de uma comissão de vereadores para tratar das alterações consideradas necessárias. Como um dos principais problemas apontados pela Metroplan era o não cumprimento dos horários, a preocupação é para que a nova tabela seja cumprida e a empresa invista na manutenção da frota.

Mais reuniões

O prefeito de Canoas, Luiz Carlos Busato, se reuniu na última sexta-feira (8) com profissionais da Metroplan e Vicasa para exigir soluções diante das reclamações de usuários do serviço prestado pela empresa. Desde 21 de janeiro, os ônibus da Vicasa que integram os bairros ao Trensurb e os que vão até Porto Alegre circulam com horário reduzido. Eles não operam mais no domingo as linhas que integram os bairros ao transporte metroviário – para ir até Porto Alegre, apenas a linha Mathias Velho seguirá funcionando, em cinco horários.

Na próxima segunda-feira (11), a Vicasa e a Metroplan vão apresentar um plano de adequações e os prazos ao secretário municipal de Transportes e Mobilidade, Ademir Zanetti. Em nota, a prefeitura reiterou que a “redução na circulação dos ônibus da Vicasa entre Canoas e a Capital aos finais de semana, problemas de horários durante a semana e a qualidade dos ônibus são as principais reclamações dos usuários dos coletivos da empresa de ônibus”. A administração municipal reafirmou que fiscaliza somente os ônibus da Sogal, do transporte coletivo urbano municipal, e não os da Vicasa, de responsabilidade do Estado.

Agência GBC

Em Agência GBC, você encontra notícias de Canoas, da região e do RS, prestação de serviço, áudios, vídeos e muito mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *