CRUELDADE | Polícia identifica agressores de cão que teve pênis cortado e levou tiro na cabeça

Foto: Redes Sociais/Reprodução

Da redação | A Polícia Civil investiga o caso envolvendo um cão comunitário, que foi agredido e levou um tiro na cabeça, em Nova Hartz, no Vale do Paranhana. O crime ocorreu no último sábado (13).

Os investigadores já identificaram dois homens que seriam responsáveis pelos maus tratos contra Sorriso, como é chamado o cão, que, apesar de tudo o que passou, sobreviveu e recebe atendimento veterinário.

Conforme o delegado Fernando Pires Branco, os homens procuraram a delegacia acompanhados de advogados e negaram as acusações.

Testemunhas contaram que o agressor foi o gerente de um supermercado. A empresa responsável pela loja ressaltou que não compactuava com esse tipo de atitude.

Uma cuidadora de animais relatou que o cão teve traumatismo craniano. “Mais exames serão feitos nas múltiplas lesões na cabeça e na lesão peniana”. Sorriso, durante as agressões, além do tiro, teve parte do pênis cortada.

Agência GBC

Em Agência GBC, você encontra notícias de Canoas, da região e do RS, prestação de serviço, áudios, vídeos e muito mais.

Um comentário em “CRUELDADE | Polícia identifica agressores de cão que teve pênis cortado e levou tiro na cabeça

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *