Foto: GBC/ Reprodução/ Ilustrativa

Foto: GBC/ Especial/ Ilustrativa

Da redação | O ataque a tiros que matou duas pessoas e deixou outras oito feridas após uma partida de futebol no Grêmio Esportivo Três Estrelas, em Gravataí, na tarde de domingo, está sendo investigado pela Polícia Civil.

Conforme o delegado Eduardo Amaral, responsável pelas investigações, a principal suspeita aponta a disputa entre facções ligadas ao tráfico de drogas como motivação para o crime. “Entre as pessoas atingidas, haveria um alvo”, conta.

As oitivas com as vítimas podem aprofundar detalhes sobre a razão para o tiroteio. As demais pessoas, que não seriam alvos reais dos atiradores, teriam sido baleadas aleatoriamente.

Das vítimas que foram encaminhadas ao Hospital Dom João Becker, uma não resistiu aos ferimentos. Maiara Emili Silveira da Siva, 20 anos, morreu em atendimento.

Na manhã desta segunda-feira, a polícia encontrou, nas proximidades de onde ocorreu o ataque, o corpo de Adélio Junior Souza Antunes, 28, que estaria na linha de tiro dos criminosos. Os investigadores querem saber se Antunes também era o alvo dos atiradores.

Por volta de 18h, logo após o término de uma partida de futebol na sede da agremiação, os criminosos chegaram ao local em dois carros, se aproximaram do campo de futebol por meio de um beco e atiraram diversas vezes. Maiara, recém formada no curso de Bombeiro Civil, estava assistindo o jogo.