CANOAS | Brigada Militar segue de olho na Estação Mathias Velho

Foto: Brigada Militar/Divulgação

Da redação | Há duas semanas criminosos atearam fogo em um coletivo da Vicasa na Estação Mathias Velho, em Canoas. De lá pra cá, a Brigada Militar reforçou o patrulhamento no local. Policiais Militares estão por lá dia e noite.

Quer mandar sugestões de pauta e flagrantes da sua cidade? Então, anote nosso WhatsApp: (51) 9 8917 7284

Além do terminal, os policiais são vistos em rondas nas ruas do bairro e próximas ao terminal. Todas as ações tem o objetivo de garantir a segurança da população. Quando o ataque criminoso aconteceu, o Tenente Coronel Jorge Dirceu Filho, que comanda o 15° BPM, pontuou que essa era uma forma de responder a população. “Estamos dando uma reposta para a comunidade de que a Brigada Militar está presente e que não existe uma guerra da criminalidade. Vamos dar essa reposta para que todos sigam as suas vidas de forma normal e saibam que a BM está presente.”

O crime

Testemunhas relataram que quatro criminosos, encapuzados, chegaram em um Palio de cor branca. Carregando combustível em garrafas, os homens entraram e jogaram o líquido inflamável no ônibus, que estava no terminal da Estação Mathias Velho.

Na sequência, eles teriam mandado os ocupantes do coletivo saírem do veículo – um modelo articulado, que fazia a Linha Integração Mathias Velho.

O incêndio foi controlado pelo Corpo de Bombeiros Militar. As chamas também danificaram a parada de ônibus e chamuscaram algumas áreas nas proximidades.

Desde então, uma caça desenfreada aos criminosos foi desenvolvida pela polícia. Duas pessoas já foram presas.

Na segunda-feira (02), um homem de 23 anos foi encontrado em uma residência no bairro Igara. No sábado (31), foi capturado no bairro Rio Branco o responsável pelo fogo.

Agência GBC

Em Agência GBC, você encontra notícias de Canoas, da região e do RS, prestação de serviço, áudios, vídeos e muito mais.