APÓS MATAR COLEGA A FACADAS | Preso alega sofrer de depressão e advogados pedem soltura

Foto: Zaffari/Divulgação

Da redação | Luiz Henrique dos Santos de 18 anos ficou em silêncio durante depoimento na 6ª Delegacia de Homicídios de Porto Alegre. Ele é funcionário do Supermercado Zaffari, no bairro Moinhos de Vento, e é acusado de matar Jeandro Pacheco de Lima de 19 anos a facadas.

Quer mandar sugestões de pauta e flagrantes da sua cidade? Então, anote nosso WhatsApp: (51) 9 8917 7284

Santos foi preso em flagrante. Durante uma audiência de custódia nesta sexta-feira (8) ele alegou sofrer de depressão. Por isso, será encaminhado para avaliação no Instituto Psiquiátrico Forense. A defesa, também pediu a revogação da prisão com medidas cautelares, alegando que o suspeito é réu primário e possui emprego e residência fixos. Por considerar o fato grave, a Justiça negou o pedido, justificando ser necessária para garantia da ordem pública.

O crime

Santos esfaqueou Jeandro na noite da última quinta-feira (7) dentro do supermercado. A faca usada no crime era uma que estava a venda no estabelecimento. As circunstâncias são desconhecidas.

O caso está sendo investigado pela Polícia Civil. Testemunhas serão escutadas nos próximos dias. Agora, os investigadores querem saber se o desentendimento é por alguma questão recente, se ocorreu no momento do assassinato ou se é por algum motivo antigo.

Tanto o autor quanto a vítima não tinham antecedentes criminais. Também não há relatos de problemas anteriores entre os dois.

Em nota, o supermercado Zaffari disse que “lamenta profundamente o fato, e neste momento está empenhada em prestar plena assistência aos familiares. A empresa também está colaborando com as autoridades na busca de informações que possam contribuir para a investigação do ocorrido”.

Agência GBC

Em Agência GBC, você encontra notícias de Canoas, da região e do RS, prestação de serviço, áudios, vídeos e muito mais.