Foto: Divulgação

Um idoso de 66 anos foi morto com chutes, socos e pedradas, em Cidade Ocidental, no Distrito Federal. Ele estava dormindo em um ponto de ônibus. Três adolescentes foram apreendidos e confessaram à Polícia Civil que o homicídio aconteceu porque a vítima devia dinheiro a eles.

Conforme a polícia, Sebastião Januário Evaristo não era morador de rua, mas era alcoólatra e, algumas vezes, acabava dormindo na rua. Câmeras de segurança registraram o momento em que três pessoas correm em direção ao ponto de ônibus e começam a agredir a vítima na madrugada de sexta-feira (29).

As agressões duram pouco mais de 20 segundos. Os três rapazes dão vários chutes e socos. Mesmo sem reação da vítima, o trio puxa o idoso até a calçada e segue com as agressões. Em seguida, eles saem correndo. Pouco depois, os agressores voltam, e um deles joga um pedaço de pedra na cabeça da vítima. Sebastião morreu no local.

Três adolescentes, um de 16 e dois de 17 anos, foram apreendidos suspeitos do assassinato. “Eles confessaram, disseram que a vítima tinha comprado droga com eles e não tinha pagado, por isso o mataram. Mas ainda não temos informação se a vítima realmente era usuária de drogas”, disse o delegado Daniel Marcelino.

Os três estão apreendidos e vão responder pelo ato infracional equivalente ao homicídio. Eles serão encaminhados a uma audiência na Justiça, que vai determinar se eles serão soltos ou se serão encaminhados para a internação.