Foto: CCR ViaSul/Divulgação

A CCR ViaSul, concessionária que administra a BR-386, começou nesta semana, o programa de restauração em 60 quilômetros de pavimento na rodovia, entre Canoas e Tabaí.  A melhoria, prevista em contrato para o segundo ano de concessão, tem como objetivo promover uma recuperação estrutural da rodovia, proporcionando maior durabilidade à camada asfáltica. O reparo mais profundo começa por esse trecho por se tratar do segmento que apresenta condições estruturais mais danificadas. A previsão é de que o cronograma seja realizado até setembro deste ano.

Quer mandar sugestões de pauta e flagrantes da sua cidade? Então, anote nosso WhatsApp: (51) 9 8917 7284

Os trabalhos começaram na última segunda-feira (10), em Montenegro, entre os quilômetros 407 e 406, sentido interior, com tráfego restrito em uma faixa no local. A previsão é de que a intervenção nesse segmento seja concluída às 18h desta quarta-feira (12) e, por isso, será mantido o bloqueio parcial da pista com sinalização noturna. Na sequência, o serviço está previsto entre os quilômetros 395 e 394, em Triunfo, a partir das 6h da quinta (13) até as 18h da sexta-feira (14), com interdição de faixa e sinalização ininterrupta durante o período.

Em função das intervenções e bloqueios parciais de pista, 24 horas, a CCR ViaSul alerta aos usuários dos trechos que receberão os trabalhos de restauração da possibilidade pontos de retenção veículos em alguns períodos. Por isso, a concessionária reforça a recomendação para que, sempre que possível, os usuários programem seus deslocamentos a fim de evitar maiores transtornos nos trechos com restrição de tráfego. 

A CCR ViaSul destaca, ainda que haverá sinalização ostensiva nos trechos em obras e reforça aos usuários que redobrem os cuidados e fiquem atentos aos bandeirinhas e velocidade nos locais onde os trabalhos estão sendo executados.