Foto: Vinicius Thormann/Prefeitura de Canoas

Quando as aulas forem retomadas e os professores tradicionalmente pedirem uma redação sobre o período de recesso, os mais de 200 participantes da Colônia de Férias de verão de Canoas terão muitas histórias para contar. Durante mais de 30 dias, quatro turmas, em dois locais diferentes da cidade, os Centros de Esporte e Lazer (CEL) dos bairros São José e Mathias Velho, desfrutaram de programações especialmente pensadas. Encerrada nesta quarta-feira (12), a iniciativa de sucesso, realizada desde 2018 pela Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (SMEL), deixa saudades e uma série de experiências para os pequenos compartilharem.

Os participantes puderam aproveitar dinâmicas integrativas, brincadeiras e atividades com água, nos dias em que o calor não deu trégua, além de também conhecerem sobre diversos esportes. Modalidades não tradicionais no Brasil, como hóquei e rúgbi, foram ensinadas e praticadas com as crianças em oficinas. Por fim, um dia especial foi planejado para encerrar com chave de ouro a Colônia deste ano.

Enquanto o grupo do bairro Mathias Velho realizou um passeio para as piscinas do SESC Campestre, em Porto Alegre, no São José, uma festa à fantasia movimentou a turma. Muito colorida com sua roupa de unicórnio e participando pela segunda vez, a pequena Clara, de seis anos, era uma das mais animadas entre a turma que também tinha heróis e heroínas, vampiros e bruxinhas. “Na Colônia, todos os dias foram de alegria, mesmo acordando cedo, ela veio feliz e disposta a fazer as atividades, falando sempre sobre os esportes que vem praticando, foi muito legal”, revela Orlando Fontoura, que acompanhou a filha durante a manhã de comemoração.

Para os organizadores, o saldo da iniciativa também é positivo, do número de participantes aos relatos que foram recebidos pela equipe. A secretária municipal de Esporte e Lazer, Barbara Marconato, conta que o retorno de toda a comunidade foi excelente. “Foi um sucesso total, atividades diversificadas, tudo gratuito e uma repercussão maravilhosa. Agora vem aí o Acampamento de Férias, amanhã, com várias atividades e muitos aprendizados, inclusive, sobre a independência deles”, conta.

Antes do final das férias, mais uma aventura está marcada

Seguindo a tradição, outra ação da Prefeitura de Canoas, deve movimentar o recesso das crianças da cidade. O Acampamento de Férias, marcado para os dias 13 e 14 de fevereiro, deve reunir mais de 100 participantes, que ficarão em instalações montadas no Parque Municipal Getúlio Vargas, o Capão do Corvo. Das 8h do primeiro dia até às 17 horas do seguinte, atividades recreativas, culturais e esportivas serão ofertadas, com brinquedos infláveis e até uma caça ao tesouro.

Retorno às atividades escolares terá escolas revitalizadas e novidades tecnológicas

Passadas as férias, chega o momento de retomar a normalidade e a expectativa costuma acompanhar tanto os pais quando os pequenos. É o caso de Isabelly Lima, de seis anos, e da mãe dela, Luzineide Lima, que acompanhou a filha no encerramento da Colônia de Férias. “Ela já está querendo voltar para a escola e, agora, ela já vai sair daqui com um pique, animada, pronta para retomar as aulas”, explica.

E o início do ano letivo na rede municipal de ensino, marcado para o dia 19 de fevereiro, trará novidades para pais, alunos e professores. A primeira delas é que todas as 84 instituições da cidade, entre Escolas Municipais de Ensino Infantil (EMEIs) e de Ensino Fundamental (EMEFs) estão passando por revitalizações. Limpezas e pequenas reformas estão sendo executadas para garantir as melhores condições no retorno das atividades.

Além disso, a novidade de maior impacto ficará por conta da implementação da tecnologia Google For Education nas EMEFs. Todas as 44 escolas da rede receberão, cada uma delas, trinta e cinco Chromebooks, computadores que darão acesso às ferramentas da Google para aprendizagem. Com eles, os professores poderão manter um método de ensino personalizado, levando em consideração as particularidades de cada aluno e cada turma.

Todos os alunos e professores terão sua própria conta de e-mail para ter acesso às ferramentas e ao ambiente digital de ensino, que se assemelha às plataformas das universidades. Com a parceria, a Google disponibilizará ainda espaço ilimitado em nuvem virtual, onde os alunos poderão acessar as aulas e o conteúdo mesmo depois de sair da escola. Os benefícios do Google for Education são inúmeros: de maior autonomia para que os alunos construam seu conhecimento até a possibilidade de contato com diversos conteúdos a qualquer momento e em qualquer lugar.