Foto: arquivo pessoal

A Polícia Civil de Novo Hamburgo prendeu nesta terça-feira (18) um homem envolvido no assassinato do sargento da reserva Ezequiel Freire dos Santos, 50 anos, da Brigada Militar. A ação foi realizada pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) do município.

Quer mandar sugestões de pauta e flagrantes da sua cidade? Então, anote nosso WhatsApp: (51) 9 8917 7284

Conforme divulgou a Polícia Civil nessa terça-feira, a investigação apurou que ele seria o responsável por recrutar um atirador e levá-lo até o local do crime. Após, ambos teriam fugido levando a arma utilizada no delito”.

Segundo o delegado Márcio Niederauer, com essa última prisão, os cinco envolvidos na morte do sargento encontram-se no sistema prisional. Todos tiveram a prisão preventiva decretada.

Companheira ordenou morte de sargento da Brigada Militar

A polícia concluiu que o assassinato do sargento da reserva foi ordenado pela companheira da vítima. O atirador foi preso no dia 13 de dezembro, em Viamão. Ricardo de Melo, 35, foi identificado como autor do crime.

Melo disse em depoimento que a mulher teria alegado que era agredida pelo marido e, por isso, queria que ele fosse morto. O crime foi encomendado por R$ 300,00. O objetivo era de que parecesse um assalto, a fim de evitar suspeitas.

O crime

O crime ocorreu em empresa de reciclagem, no bairro Primavera, por volta de 19h15 do dia 10 de dezembro de 2019. Imagens de uma câmera de segurança, obtidas pela Brigada Militar (BM) e divulgadas por Agência GBC na ocasião, mostravam o momento em que o criminoso sacou a arma e atirou contra o policial. Autor e vítima conversavam momentos antes do assassinato.

O estabelecimento onde ocorreu o crime era da família do policial. O PM levou três tiros e morreu no local. O autor fugiu após disparar.