Foto: Vitoria Costa/Prefeitura de Esteio

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Esteio começou na última segunda-feira (23), à campanha de vacinação contra a gripe. Público do primeiro grupo a ser imunizado, pessoas com idade igual ou superior a 60 anos estão sendo vacinadas em casa em virtude da pandemia do coronavírus (Covid-19).

Quer mandar sugestões de pauta e flagrantes da sua cidade? Então, anote nosso WhatsApp: (51) 9 8917 7284

As equipes iniciaram a ação no Novo Esteio, Pedreira, Tamandaré, Três Portos e Vila Osório, com o objetivo de imunizar o publico considerado mais sensível às decorrências do vírus. A vacinação nas residências evita a circulação dos idosos até as unidades básicas de saúde (UBSs). A vacinação ocorrerá durante toda a semana, em dois turnos, das 8h às 12h e das 13h às 17h, seguindo o cronograma estabelecido para os demais bairros.

Idosos de todos os bairros de Esteio deverão ser imunizados até sábado (28). A SMS solicita que eles permaneçam em casa, especialmente no dia agendado para a vacinação em sua comunidade, e coloquem um pano branco em seu portão para que os profissionais de saúde identifiquem que há necessidade de vacinação naquela residência. Moradores de condomínios devem ficar atentos à movimentação dos agentes de saúde. Além disso, os síndicos estão sendo procurados para indicar quais apartamentos possuem moradores idosos.

Durante o período, um carro de som passará em cada um dos bairros, anunciando a visitação das equipes de saúde (todos devidamente identificados). Quem não receber a imunização nesta primeira semana deverá procurar uma UBS a partir do dia 30 de março, buscando, sempre, evitar aglomeração.

Etapas de vacinação em Esteio

Nesta primeira semana da campanha, a vacina também será aplicada em profissionais da área da saúde. A etapa seguinte será no dia 16 de abril com o objetivo de imunizar doentes crônicos, professores (rede pública e privada) e profissionais das forças de segurança e salvamento.

A partir de 9 de maio, Dia D de Vacinação, serão vacinadas as crianças de seis meses a menores de seis anos (5 anos, 11 meses e 29 dias), pessoas com mais de 55 anos, gestantes, mães no pós-parto (até 45 dias após o parto), população indígena e portadores de condições especiais. A campanha seguirá até o dia 23 de maio.

Não protege contra o coronavírus

É importante ressaltar que vacina da gripe, não protege contra o Covid-19, mas é uma forma de auxiliar os profissionais de saúde a descartarem influenza na triagem de casos para o coronavírus e também evitar a hospitalização de pacientes com gripe, deixando as unidades de saúde livres para tratar dos casos de Covid-19.