Foto: Gabriel Rodzinski/ Divulgação/ Prefeitura de Esteio

A Prefeitura de Esteio anunciou nesta terça-feira (24) a montagem de uma estrutura temporária para acolhimento de pessoas em situação de rua. Trata-se de uma carreta, estacionada junto à Casa da Solidariedade, na rua Machado Lopes.

Quer mandar sugestões de pauta e flagrantes da sua cidade? Então, anote nosso WhatsApp: (51) 9 8917 7284

O espaço servirá para fornecer alimentação, higienização, local para dormir e cuidados de saúde durante o período de prevenção e combate ao novo coronavírus. Além disso, as pessoas atendidas no local poderão escolher roupas na Loja Social Fixa, que reúne as doações feitas durante a Campanha do Agasalho. Inicialmente, serão oferecidas 30 vagas no local.

“Essa medida tem como objetivo tornar as pessoas em situação de rua menos vulneráveis a essa situação do coronavírus, assim como evitar que eles se tornem vetores de transmissão para outras pessoas”, explicou o prefeito Leonardo Pascoal. Os equipamentos e o atendimento foram viabilizados graças a parcerias com empresas como 360 Graus e A Solução, a ONG Eis-me Aqui e Dudu da Carreta. 

A ideia é que o espaço seja disponibilizado para o uso já nesta quarta-feira (25), à noite, quando será oferecida uma janta aos acolhidos. As equipes de abordagem da Secretaria Municipal de Cidadania, Trabalho e Empreendedorismo (SMCTE) já estão conversando com os moradores nesta condição e avisando sobre o serviço. A população também pode ajudar, alertando sobre o projeto e contribuindo no convencimento das pessoas em situação de rua a irem até a estrutura, que fica na Rua Machado Lopes, 58. 

Outras 15 pessoas estão acolhidas na República Juntos Esteio, um dos equipamentos da SMCTE para atendimento a pessoas em situação de rua. Ali, elas estão abrigadas, reduzindo o risco de contágio com o coronavírus. O prédio é equipado com três banheiros para os usuários e um para a equipe técnica, uma cozinha e quatro quartos.