Foto: novohamburgo.org

Da redação | A Fundação de Saúde Pública de Novo Hamburgo (FSNH) informa que voltou a adotar restrição no atendimento da Emergência do Hospital Municipal na tarde desta terça-feira, 20. Até as 15 horas, o quadro era de normalidade.

Nas últimas horas, o serviço registrou alta demanda de pacientes. A medida se faz necessária para o atendimento com segurança aos pacientes e para garantir condições de trabalho aos colaboradores.

A recomendação é que os usuários busquem atendimento na UPA Canudos e UPA Centro. E, dentro do possível, junto às UBS e USFs.

Quando buscar atendimento na UPA?

• Cólicas renais e abdominais
• Convulsões
• Desmaios
• Dores intensas no peito, de início súbito, que pioram com o esforço físico
• Elevação da pressão arterial
• Febre alta
• Intensa falta de ar, crise asmática
• Intoxicação
• Queimaduras
• Quadros diarreicos, que levam à desidratação rápida.
• Mordida por animais peçonhentos
• Diabético com alterações
• Fraturas, luxação, entorse
• Parada cardiorrespiratória
• Choque elétrico
• Derrame
• Afogamentos
• Derrames (acidente vascular cerebral)
• Hemorragias

A Emergência do Hospital Municipal passou a segunda-feira com o atendimento restrito por causa da alta demanda.

*Com informações da Prefeitura Municipal de Novo Hamburgo