PC

Foto: Polícia Civil/ Divulgação

Da redação | Agentes da Delegacia de Capturas (Decap) prenderam, na manhã desta quarta-feira (21), um homem de 36 anos, no bairro Stela Maris, em Alvorada. Ele era considerado foragido internacional, procurado pela Interpol. A ação foi fruto do cumprimento de mandado de prisão preventiva de suspeito de tráfico de drogas e associação ao tráfico.

De acordo com o delegado Arthur Raldi, em setembro de 2017, após fuga de uma abordagem policial na cidade de Santana do Livramento, foram apreendidos 240 quilos de maconha. “Um veículo passou pelo posto da Polícia Rodoviária Federal de Santana do Livramento e, ao receber ordem de parada, fugiu em disparada. Após perseguição, inclusive com a utilização de um dispositivo conhecido como ‘cama de faquir, com o objetivo de furar os pneus do carro utilizado pelo suspeito. Mesmo com os pneus furados, ele ainda conseguiu percorrer cerca de um quilômetro pela BR-158. Após parar no trevo de Quaraí, ele abandonou o veículo na rodovia e fugiu pelo matagal”, relatou Raldi.

Após investigações, em fevereiro deste ano, foi expedido mandado de prisão preventiva em desfavor do suspeito. Como existia a possibilidade dele estar se escondendo em países vizinhos, como Uruguai e Argentina, mantendo suas atividades criminosas, foi emitida uma difusão vermelha pela Interpol, figurando o suspeito na lista de procurados da Interpol.

O delegado Raldi ainda ressaltou que, desde o início do ano, quando apuraram a possibilidade do suspeito retornar ao Brasil, os policiais civis estavam no seu encalço. “Nove meses após o início das buscas foi possível localizar o seu esconderijo e efetuar a sua prisão”, concluiu o delegado.

O delegado Sander Cajal, Diretor da Divisão de Investigações do Deic, ressalta que além desta prisão, a Especializada já havi efetuado outras duas prisões em solo brasileiro de alvos que também se encontravam na lista de procurados pela Interpol com difusão vermelha.