Foto: Polícia Civil/Divulgação

Da redação | Um médico de 48 anos foi preso por estupro na última terça-feira (20) no bairro Rio Branco. A ação foi realizada pelos agentes da Delegacia de Capturas do DEIC durante cumprimento de mandado de prisão.

De acordo com a Polícia Civil, o crime ocorreu em 2010. Na data, uma paciente e sobrinha do acusado de 14 anos foi atendida em uma clínica que seria de propriedade do homem, em Nevo Hamburgo. Depois de tratar uma unha encravada, ele abusou sexualmente da menor em um Audi TT. A vítima estava sob o efeito de medicamentos.

O médico, que havia sido indiciado na CPI que investigou a “Máfia das Próteses”, foi condenado a uma pena de 9 anos de reclusão pela prática dos fatos imputados. A sentença de 1° grau foi exarada em 10/06/2013, tendo o acusado recorrido e a decisão de 2° grau manteve a condenação. No dia 17/9/18 foi expedido o Mandado de Prisão, cumprido hoje pelos policiais da Decap/Deic.