Derli_Colomo_Júnior

Foto: Derli Colomo Jr./ Divulgação

Da redação | A UBS Mato Grande, em Canoas, teve turno estendido na última quarta-feira (28). Por isso, moradores do bairro tiveram a oportunidade de se consultarem com clínicos e dentistas, a fim de compensar os procedimentos cancelados por conta da saída dos médicos cubanos do município. A unidade, que geralmente fecha às 17h, funcionou até as 20h. O mutirão contou com o serviço voluntário dos profissionais, que se dispuseram a atender gratuitamente os pacientes.

A secretária da Saúde, Rosa Maria Groenwald, agradeceu a participação do profissionais e destacou que a Prefeitura tem se mobilizado para não deixar a população desassistida.

Mesmo com as dificuldades impostas pela falta de recursos, nós conseguimos atender os pacientes. A dívida milionária do estado não tem sido barreira para a união dos profissionais da saúde – disse.

Na próxima quarta-feira (5), a UBS Prata será a contemplada com o turno estendido. A Secretaria da Saúde de Canoas pretende realizar essas ações em diversas outras unidades, nas próximas semanas.

Canoas enfrenta restrição na saúde

Desde o dia 19 de novembro, os procedimentos eletivos foram suspensos pela Prefeitura de Canoas nos hospitais Nossa Senhora das Graças, de Pronto Socorro e Universitário. Os locais deixaram de oferecer mais de cem tipos de procedimentos entre consultas, exames e serviços de ambulatório. Emergência e urgência seguem com atendimento normal.

Até o final de novembro, segundo a Prefeitura, a dívida do Estado vai chegar a R$ 37 milhões.