Foto: Jaime Zanatta/GBC

Foto: Jaime Zanatta/GBC

Da redação | Os funcionários da área da saúde de Canoas vão entrar em greve na próxima quarta-feira (5). A paralisação será realizada por funcionários do Grupo de Apoio a Medicina Preventiva e à Saúde Pública (GAMP) e do Hospital Nossa Senhora das Graças. A justificativa são os atrasos salariais e de direitos trabalhistas.

A greve foi decidida durante uma assembleia do Sindicato dos Profissionais de Enfermagem, Técnicos, Duchistas, Massagistas e Empregados em Hospitais e Casas de Saúde do Estado do RS (Sindisaúde-RS) junto a outras três entidades: Sindicato dos Enfermeiros do RS (Sergs), Sindicato dos Farmacêuticos no Estado do RS (Sindifars) e  Sindicato dos Técnicos, Tecnólogos e Auxiliares em Radiologia do Estado do RS (Sinttargs).

A partir das 8h do dia 5, prometem paralisar as atividades enfermeiros e técnicos de enfermagem, farmacêuticos, radiologistas e trabalhadores de nível médio e técnico em geral. As entidades geridas pelo Camp que podem ser afetadas são: o Hospital Universitário, Hospital Pronto Socorro, Unidades de Pronto Atendimento (UPA) Rio Branco e Caçapava e os  Centros de Atenção Psicossocial (CAPS).