Derli_Colomo_Júnior

Foto: Derli Colomo Júnior/ Divulgação

Da redação | A falta de iluminação na BR-448, gerada por furtos e vandalismos, mobilizou órgãos públicos na última semana. A Prefeitura de Canoas, por meio de secretarias, procuradoria e Guarda Municipal, se reuniu com representantes da Polícia Rodoviária Federal, Brigada Militar e Polícia Civil para buscar soluções aos problemas.

Além do furto de fios, também são registrados danos aos geradores instalados nas laterais da via. “Os geradores são derrubados dos postes e violados. O objetivo dos infratores é retirar os fios de cobre que estão dentro dessa estrutura, material que possui um alto valor de repasse no mercado informal”, explica o secretário da Segurança, Alberto Rocha.

Na reunião, ficou acertada, por parte das forças de segurança, a intensificação do patrulhamento de rotina em toda a região da BR-448, incluindo bairros adjacentes. Uma nova conversa será realizada com a RGE Sul, empresa responsável pelo fornecimento de energia no município, para que possam ser avaliados sistemas de proteção aos equipamentos e a instalação de dispositivos de segurança.

Em 2019, o Grupo CCR, que venceu o leilão de concessão das BRs 101, 290 (trecho da FreeWay), 386 (entre Canoas e Carazinho) e 448 (Rodovia do Parque), assume a rodovia pelos próximos 30 anos, o que também deve causar modificações nesse cenário.