Foto: Jaime Zanatta/GBC

Foto: Jaime Zanatta/GBC

Da redação | Os funcionários da saúde de Canoas devem cruzar os braços a partir das 8 horas desta quarta-feira (5). A greve foi decidida em assembleia na última quinta-feira (29).

Com a paralisação, os serviços nos hospitais Nossa Senhora das Graças, de Pronto Socorro e Universitário devem ser afetados. Além disso, o movimento também deve atingir as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e os Centros de Atenção Psicossocial (CAPS).

De acordo com o presidente do Sindicato dos Enfermeiros do Rio Grande do Sul (Sergs),  Estêvão Finger, 30% do quadro de funcionários seguirá trabalhando para garantir os atendimentos. Em setores essenciais, como emergência, por exemplo, o número pode chegar a 50%.

Motivos

Os funcionários cruzaram os braços para pedir a regularização dos pagamentos. Além dos salários, eles também estão com as férias, vale-transporte e até o Fundo de Garantia por Tempo de Serviços (FGTS) em atraso.