PC

Foto: Polícia Civil/ Divulgação

Da redação | Agentes da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Alvorada apreenderam dois adolescentes de 17 anos e prenderam um jovem de 18, nesta quinta-feira (6), por envolvimento na morte de um motorista de aplicativo.

Thiago Nunes da Silva, 31 anos foi morto com um disparo de arma de fogo na cabeça, no bairro Umbu. O corpo foi encontrado na madrugada do dia 20 de novembro. Morador de Viamão, Silva utilizava um Logan para trabalhar, que foi localizado abandonado no bairro Tijuca.

Conforme a Polícia Civil, os dois menores confessaram participação no crime. Segundo o delegado Edimar Machado de Souza, eles “disseram que estavam reunidos e decidiram cometer um roubo, então chamaram o aplicativo”.

O delegado conta que os dois menores solicitaram uma corrida, com partida da casa de um deles, até o bairro Umbu, onde anunciaram o assalto. “Um dos adolescentes que estava no banco ao lado do motorista apontou uma arma para a vítima”, conta Souza.

O motorista teria reagido e segurado o revólver. Na sequência, o adolescente teria efetuado alguns disparos e, depois de uma falha na arma, um disparo atingiu a cabeça da vítima.

Após ser baleado, Silva foi retirado do Logan. A dupla ainda subtraiu tênis, celular e carteira da vítima e abandonou o carro no bairro Tijuca.

Os envolvidos relataram ainda que a ideia inicial era apenas roubar o dinheiro do motorista e que os disparos só ocorreram em razão da reação da vítima.