PC/ Divulgação

Foto: Polícia Civil/ Divulgação

Da redação | A Polícia Civil deflagrou, na manhã desta segunda-feira (17), a Operação Vale Tudo, contra uma organização criminosa oriunda do Vale do Sinos que praticava roubo a veículos em Porto Alegre. Ao todo, foram cumpridas 45 ordens judiciais nas cidades de Canoas, Esteio, Sapucaia do Sul, São Leopoldo e Novo Hamburgo. A força-tarefa resultou na prisão de 17 pessoas.

Segundo o delegado Juliano Ferreira, a investigação teve início em abril deste ano, quando um homem foi preso por roubo a veículo, ocorrido na Zona Leste da Capital. O automóvel foi recuperado em Sapucaia do Sul.

No curso da investigação, 24 indivíduos que pertencem à organização criminosa foram identificados. Também foi verificado que eles praticavam, em especial, roubo de veículos, mas também praticavam furtos de estepes de veículos, roubos a pedestres ou outros crimes patrimoniais, que lhes trouxessem lucro fácil – ressaltou o delegado Juliano Ferreira.

A organização criminosa investigada também tinha ramificação, responsável por encaminhar os veículos roubados em Porto Alegre para o Paraguai.

O responsável pelo envio é um indivíduo também investigado por roubo a bancos, que está foragido no Paraguai. Ele encomenda via aplicativo de celular os veículos a serem roubados e encaminhados para o Paraguai, em troca de drogas que serão distribuídas na região do Vale dos Sinos – concluiu Ferreira.

Ao todo, cerca de 180 policiais civis cumpriram 24 mandados de busca e apreensão e 21 mandados de prisão temporária na Região Metropolitana de Porto Alegre. Durante as investigações, sete pessoas já haviam sido presas e nesta manhã, portanto, mais 10 foram presas temporariamente.