Foto: Jaime Zanatta/GBC

Foto: Jaime Zanatta/ GBC

Da redação | O Conselho de Administração da Trensurb aprovou mais uma recomposição tarfiária. Conforme a empresa de trens urbanos, o grupo chegou ao valor de R$ 4,20. O acréscimo de 90 centavos no preço do bilhete será encaminhado ao Governo Federal e ainda pode sofrer alterações.

De acordo com a Trensurb, que é vinculada ao Ministério das Cidades, a mudança no valor faz parte do plano de negócio, discutido a cada ano pela concessionária e que é exigido por lei. Chamada de Lei das Estatais, essa legislação consiste em nortear o planejamento e atuação da empresa.

No entanto, os itens usados para o cálculo da tarifa não foram divulgados pela empresa. Em janeiro deste ano, a Trensurb conseguiu reajustar o preço pela primeira vez em 10 anos, passando de R$ 1,70 para R$ 3,30 – mais de 90% de reajuste.

Se aprovado pelo Governo Federal, o valor de R$ 4,20 passará a valor a partir de fevereiro de 2019.