BM/ Divulgação

Foto: divulgação

Da redação | Um caso de feminicídio chocou a comunidade de Cachoeirinha, no início da tarde de sábado (22). Um homem matou a companheira e tentou suicídio, no bairro Moradas do Bosque. A Brigada Militar (BM) foi acionada através do 190, por volta de 13h, para averiguar a situação na rua Otto Espíndola.

Luciana Silva Guareze, 33 anos, morreu no pátio de casa. Alberto Tomaz Marques, 42, havia esfaqueado a mulher.

Após a chegada da BM ao endereço, o homem disse que se mataria caso algum policial se aproximasse. Ele cortou os próprios pulsos, o pescoço e o abdômen.

Marques entrou na residência e acionou os botões do fogão da cozinha, propagando gás pelo local. A rua foi isolada e foram acionados o Corpo de Bombeiros, o 1º Batalhão de Polícia de Choque (1º BPChq) e o Batalhão de Operações Especiais (Boe).

Após duas negociações, o autor do crime se entregou à polícia. Ele tem antecedentes por ameaça e lesão corporal. A vítima não tinha passagens pela polícia.

Marques foi socorrido ao Hospital Padre Jeremias e transferido ao Hospital de Pronto Socorro de Porto Alegre por causa da gravidade dos ferimentos.