Foto: Arquivo Pessoal/Reprodução

Da redação | Um homem foi morto a tiros no último domingo (23) no bairro Santo Afonso, em Novo Hamburgo, no Vale do Sinos. A vítima foi identificada como Andrei Keller Bertoldi de 19 anos.

De acordo com a Brigada Militar (BM), o pai da vítima acordou com o barulho de batidas na porta. Ele abriu e se deparou com três encapuzados. Sendo ameaçado com uma arma na cabeça, ele deu passagem para dois criminosos que foram direto ao quarto de Andrei. Ele chegou a acordar, mas logo foi atingido por mais de 20 disparos de 9mm.

O pai e a mãe ainda ficaram sob a ameaça de um criminoso. Depois de abrirem fogo, eles foram embora. Nenhum popular conseguiu relatar qual foi o sentido da fuga dos atiradores.

Investigação

O caso já está sendo investigado pela Polícia Civil. Testemunhas relataram que Andrei estava jurado de morte e haveria pelo menos mais dois jovens na lista de futuras vítimas.

No dia 6 de novembro, a vítima postou mensagem de luto nas redes sociais, em que lamentava a execução de um amigo. Ao ser perguntado do que se tratava, ele respondeu: “Bah, mataram um cupincha meu”.

Quatro dias depois, o corpo de outro homem foi encontrado parcialmente queimado e com marcas de tiros, na Rua Eldorado, também na Santo Afonso, mas até hoje a Delegacia de Homicídios de Novo Hamburgo não confirmou a identidade.

Os casos estariam interligados em meio a uma disputa de gangues com o tráfico de drogas. Na última sexta-feira (21) um duplo homicídio foi registrado no bairro.