TRENSURB | SindiMetrô é contra privatização e diz que tarifa subiria, no mínimo, para R$ 7,30 – Agência GBC

TRENSURB | SindiMetrô é contra privatização e diz que tarifa subiria, no mínimo, para R$ 7,30

Foto: Jaime Zanatta/ GBC

Da redação | O Sindicato dos Metroviários do Rio Grande do Sul (SindiMetrô/RS) se posicionou contrariamente à privatização da Trensurb, cujo anúncio foi realizado pelo Governo Federal na última quarta-feira (21).

O sindicato pontuou, em nota, que o chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, havia declarado, em junho, que a concessionária de trens não seria concedida à iniciativa privada.

O SindiMetrô/RS afirmou que vem denunciando, há anos, a intenção dos governos de vender a Trensurb. Para a entidade, caso seja concedida, a empresa “irá parar nas mãos de empreiteiras envolvidas em corrupção e investigadas pela Lava Jato”.

Além disso, o sindicato da categoria estimou que, se efetuada a privatização, a tarifa subiria, no mínimo, ao preço de R$ 7,30.

Leia na íntegra a manifestação do SindiMetrô/RS

Agência GBC

Em Agência GBC, você encontra notícias de Canoas, da região e do RS, prestação de serviço, áudios, vídeos e muito mais.