CANOAS | Quem é o criminoso que colocou fogo no ônibus da Vicasa

Foto: Polícia Civil/ Divulgação

Da redação | Uma minuciosa investigação, que resultou na deflagração da Operação Hefesto, resultou na prisão de um homem, apontado pela polícia como autor do incêndio que destruiu um ônibus da Vicasa e deixou diversos feridos, alguns em estado grave de saúde, em Canoas.



O episódio ocorreu junto ao terminal da Estação Mathias Velho do Trensurb, na semana passada. Uma coletiva de imprensa nesta semana busca divulgar informações sobre a ação, conjunta entre Polícia Civil e 15º Batalhão de Polícia Militar (15º BPM).

Foto: Jaime Zanatta/ GBC

Conforme a polícia, a prisão do acusado ocorreu no último sábado (31). Yarllison Deloni de Mello da Silva, 24 anos, integrava um grupo criminoso da região do bairro Rio Branco que tinha objetivo de “chamar a atenção da polícia para um grupo rival, instalado no Mathias Velho”. Ele confessou o crime.

Para os investigadores, foi ele quem executou a ação no coletivo, no final da noite de segunda-feira (27). O acusado ingressou no veículo com um galão de combustível e colocou fogo. O ônibus transportava em torno de 15 passageiros. O pânico se instalou, obrigando as pessoas a escaparem do incêndio pela janela do coletivo, entre elas, uma gestante.

Segundo a Polícia Civil, o executor do incêndio já teve um antecedente por incendiar uma casa da ex-companheira, em 2016, no bairro Guajuviras.

Agência GBC

Em Agência GBC, você encontra notícias de Canoas, da região e do RS, prestação de serviço, áudios, vídeos e muito mais.