Tenente-coronel Jorge Dirceu Abreu Silva Filho, comandante do 15º BPM, durante entrega de coletes balísticos e viaturas, em abril de 2019, em Porto Alegre. Foto: Divulgação/ BM

O 15º Batalhão de Polícia Militar (15º BPM) comemora os indicadores criminais divulgados na última semana. Canoas está dando o exemplo aos demais municípios, pois registrou ano passado uma redução expressiva do número de homicídios, que caiu de 112 para 60, entre 2018 e 2019, ou seja, uma queda de 46%. Apesar da avaliação positiva, ainda há muito trabalho pela frente.

Quer mandar sugestões de pauta e flagrantes da sua cidade? Então, anote nosso WhatsApp: (51) 9 8917 7284

“Estamos felizes pelo resultado, mas não satisfeitos. Aplicamos uma metodologia baseada em ações de inteligência. Muito se fala nisso, mas pouco se conhece. E nós conseguimos mostrar na prática. Utilizamos ferramentas de inteligência para assessorar o policiamento e conseguimos que esse emprego fosse feito da maneira correta”, pontua o comandante do 15º BPM, tenente-coronel Jorge Dirceu Abreu Silva Filho.

 HOMICÍDIOS DOLOSOSLATRO
CÍNIO
FURTOSFURTOS DE VEÍCULOSROUBOSROUBOS DE VEÍCULOS
20108125.6426062.5971.138
20118625.5967172.057915
201212715.6546922.367979
201311365.7215592.615658
201411766.1647583.268935
201514945.6241.1054.1771.083
201611854.8929534.0651.121
201713104.2507844.5421.002
201811234.2407153.695667
20196023.5206043.626640

De acordo com o comandante, trata-se do menor índice de homicídios dos últimos 15 anos. A redução foi observada também em outros tipos de crimes. “Conseguimos reduções em todos os índices de criminalidade”, destaca o tenente-coronel.

2020 também deve ser um ano de desafio para manter as quedas dos indicadores criminais. “Isso torna nosso trabalho para este ano mais difícil, pois todo a atividade que tem como base a queda requer mais esforço e foco para seguirmos cada mais reduzindo a criminalidade”, pontua.

No último ano, o 15º Batalhão de Polícia Militar, que atende também Nova Santa Rita, procurou colocar em prática metas de curto prazo. Dentre as quais, melhorias na Sala de Operações, no setor administrativo e na remodelação da Agência de Inteligência.

Além disso, o 15º BPM iniciou o trabalho de retomar o policiamento a pé, em especial na área central de Canoas; passou a melhorar a integração com demais órgãos de segurança; e adotou no efetivo uma consciência de tratar a comunidade como cliente.

Para 2020, metas mais robustas estão previstas. “A gente faz tudo que pode com os recursos que temos. A expectativa para 2020 é positiva, tendo em vista a aquisição de novas motocicletas e a implantação do cercamento eletrônico em Canoas“, explica o comandante.

O Batalhão sediado em Canoas pretende também reestruturar as sedes das companhias, propiciar para que todos os militares tenham individualmente sua pistola calibre 40 e qualificar 100% do efetivo para uso de armas e munições denominadas não letais.