FOTO: Polícia Civil/Divulgação

FOTO: Polícia Civil/Divulgação

Da redação | Quatro pessoas foram presas no final da madrugada desta terça-feira (17), em um condomínio de luxo no bairro Tarumã, em Viamão, na Região Metropolitana de Porto Alegre. A ação foi realizada pela 3ª Delegacia de Investigações do Denarc.

Com eles, a polícia encontrou mais de meio milhão de reais e 52 mil dólares. Além disso, foram apreendidos um Porsche Cayenne, uma Land Rover, uma S10, dois caminhões, 1100 caixas de cigarro.

A quadrilha foi autuada pelos crimes de contrabando, porte de arma de fogo e lavagem de dinheiro.

Investigação

De acordo com a polícia, o dinheiro e os veículos eram de uma das maiores facções criminosas do Estado. A investigação comprovou que o grupo estava atuando, também, no contrabando de cigarros do Paraguai para o Brasil.

Conforme o delegado Rafael Pereira, entre os presos está um dos líderes da facção. Há, ainda, um contrabandista com dupla nacionalidade que teria sido o elo entre o grupo criminoso e a venda de cigarros proibidos. Os outros presos são a companheira do líder da facção e um homem que era usado como laranja.

A investigação teve início após denúncia de fornecimento de armas pela facção. A atuação do grupo também no contrabando não surpreende o delegado responsável pela apuração.

O nome dos presos só será divulgado após a homologação das prisões em flagrante pelo Judiciário.