FOTO: Neiva Motta/SSP

FOTO: Neiva Motta/SSP

Da redação | A Brigada Militar assumiu na tarde do último domingo (29), a segurança interna da Unidade 2 da Penitenciária Estadual de Canoas. A segurança externa já é realizada pela BM.

A previsão da Secretaria de Segurança Pública (SSP) é de que os brigadianos fiquem três meses no local, tempo que levará para os 480 novos agentes penitenciários, que serão nomeados amanhã, concluírem o curso e assumir a função.

A medida de ampliação da guarda interna acontece depois que a SSP começou a transferir, neste domingo, presos das delegacias e viaturas para a casa prisional, que, pela última contagem, já abrigava 177 detentos. Mais de 400 vagas serão abertas com a utilização total da Pecan 2.

O processo de transferência dos presos será parcial e gradativo em razão da seleção do perfil dos detentos, que não podem ter ligação com facções criminosas ou já terem sido condenados anteriormente. Outros 393 detentos estão na Pecan 1.