FOTO: Renato Dias/Correio do Imbé

Da redação | Um homem e uma mulher morreram durante um incêndio em um abrigo na praia de Santa Terezinha, em Imbé, no Litoral Norte, na madrugada desta quinta-feira (2). As vítimas foram identificadas como Vagner de 34 anos que era cadeirante e Leila de 50. Não há mais detalhes sobre a identidade das vítimas, porque os documentos foram consumidos pelo fogo.

Conforme a Polícia Civil, vizinhos ligaram para o 190 após ouvirem barulhos que seriam de um tiroteio. Eles relataram terem visto homens em dois carros circulando pela região antes dos disparos. Em seguida, teve início o incêndio na casa na Rua Parque dos Rodeios.

No abrigo, que segundo a polícia é informal, moravam sete pessoas. No momento do incêndio, no entanto, estavam as duas vítimas, a proprietária e a filha, que sobreviveram ao sair correndo do local só com as roupas do corpo. Os corpos foram encontrados pelos bombeiros que combateram as chamas. Dois carros foram destruídos pelas chamas.

As sobreviventes relataram que uma porta teria sido arrombada dentro do abrigo e que o fogo possivelmente foi ateado nos colchões, na mesma sala onde estava o cadeirante. Apesar de não descartar outras hipóteses, os investigadores acreditam que o caso é um duplo homicídio feito por incêndio criminoso. A polícia também vai ouvir moradores do bairro para tentar identificar completamente as vítimas.

Além disso, o Instituto Geral de Perícias foi acionado. Os peritos devem confirmar se realmente ocorreram disparos no local e se os corpos foram atingidos por tiros.

Os agentes da Delegacia da Polícia Civil de Imbé também receberam denúncias e irão investigar uma suposta relação do caso desta quinta-feira com uma chacina ocorrida em julho deste ano no bairro Indianópolis, em Tramandaí.