FOTO: Nilson Winter/Prefeitura de São Leopoldo

FOTO: Nilson Winter/Prefeitura de São Leopoldo

Da redação com informações da Prefeitura de São Leopoldo | O prefeito de São Leopoldo, Ary Vanazzi assinou, na tarde da última quarta-feira (8), o contrato com o Instituto Brasileiro de Saúde, Ensino, Pesquisa e Extensão para o Desenvolvimento Humano para a gestão da Unidade de Pronto Atendimento Scharlau.

O preço mensal para a execução do serviço é de R$ 900 mil. O contrato também determina, entre outras questões, que a empresa deverá apresentar mensalmente um relatório que contenha demonstrativos de despesa; de folha de pagamento de servidores; de contratação de pessoa jurídica; e de atendimento de produção contratada/produção realizada.

Vanazzi destacou que em março, após o fim do contrato com a antiga prestadora de serviços, a Prefeitura contratou, em caráter emergencial, a IB Saúde, reduzindo o custo mensal de R$ 1.075 milhão para R$ 751 mil. “Com a qualificação da UPA Scharlau, pelo Ministério da Saúde e a ampliação de atendimentos, o contrato, a partir da assinatura, passa a custar R$ 900 mil mensais. Conseguimos ampliar o atendimento e reduzir custos”, disse o prefeito.

O secretário Municipal da Saúde, Fábio Bernardo da Silva, lembrou do compromisso da atual administração em não interromper o atendimento na unidade. “Nos últimos seis meses ampliamos os atendimentos e reduzimos os custos. Agora o nosso desafio é ampliar o número de profissionais na UPA para reduzir o tempo de espera. Com isso, tenho certeza que vamos desafogar o Hospital Centenário e garantir uma rede de atenção básica mais eficiente”, destacou o secretário.

O médico responsável técnico da IBSaúde, Luiz Antônio de Oliveira, afirmou que a empresa tem como responsabilidade atender as pessoas. “Com este contrato nós vamos ter mais segurança para desenvolver nossa função”, afirmou Oliveira.

UPA Scharlau é qualificada e amplia atendimentos

A UPA Scharlau, qualificada pelo Ministério da Saúde, de porte 3 para 8 – índices que indicam a capacidade de atendimentos da unidade 24 horas -, passa a realizar até 10.125 atendimentos por mês em urgências e emergências, além de estar autorizada a receber unidades do Samu.