FOTO: Brigada Militar/Divulgação

FOTO: Brigada Militar/Divulgação

Da redação | Dois homens foram presos em flagrante pela Brigada Militar, na manhã desta sexta-feira (17), em Tramandaí, no Litoral Norte. A ação aconteceu após uma denúncia anônima. A dupla foi enquadrada em flagrante por crime de pesca ilegal na Lagoa de Tramandaí. Na embarcação da dupla, foram apreendidos 107 peixes da espécie bagre, de nome científico Genidens barbus, animais que estão na lista de ameaçados de extinção.

De acordo com a Brigada Militar, os pescadores alegam que os 107 bagres que estavam na embarcação seriam para consumo próprio.  Segundo a Brigada Militar, os homens não possuem antecedentes criminais. Porém, moradores da região afirmam que os peixes são vendidos em comércio irregular por R$ 2 o quilo.

No momento, os homens seguem presos na Delegacia de Pronto Atendimento de Tramandaí, mas poderão ser liberados, ainda nesta sexta-feira (17), mediante pagamento de fiança.

Segundo a Brigada Militar Ambiental, o crime de pesca ilegal da espécie Genidens barbus é comum neste período do ano na região, já que é a temporada de desova da espécie, que vem do mar e procura a água doce, pelo canal da Lagoa de Tramandaí, para a reprodução.

Os peixes apreendidos foram doados para consumo a instituições de caridade do Litoral Norte.