FOTO: Polícia Civil/Divulgação

FOTO: Polícia Civil/Divulgação

Da redação | A Polícia Civil deflagrou na manhã desta sexta-feira (17), a terceira fase da Operação Macchina Nostra com o objetivo de combater uma organização criminosa especializada em roubo e clonagem de veículos em Alvorada, Dois Irmãos e Novo Hamburgo. Estão sendo cumpridos 15 mandados de buscas, oito de prisão e uma custódia do principal assaltante da organização. Até o momento cinco pessoas foram presas, veículos, dinheiro e documentos falsos foram apreendidos.

A Macchina Nostra começou no início deste ano, quando investigou uma quadrilha especializada em roubo de veículos e lavagem de dinheiro. À época, a ofensiva terminou com a prisão de 24 pessoas. O líder do grupo foi preso em um apartamento avaliado em R$ 1,5 milhão. O suspeito morava em um condomínio de luxo, localizado em Viamão.

Na época, o Departamento Estadual de Investigações Criminais explicou que o grupo preso roubava três carros após receber um pedido. A ação criminosa buscava garantir a entrega do produto, já que o índice de recuperação do veículos por parte da Polícia Civil era de 60% no começo de 2017. A quadrilha desarticulada na primeira fase, teria movimentado R$ 6 milhões desde 2015.