Foto: Derli Colomo Jr./ Divulgação

Da redação, com informações da Prefeitura de Canoas | A procissão de Nossa Senhora das Graças reuniu milhares de fieis neste domingo (3). O tema neste ano foi “Com Maria, viver e testemunhar os sacramentos”. A saída aconteceu na Igreja Matriz São Luiz Gonzaga, em frente à Praça da Bandeira, no Centro. A caminhada seguiu pela Guilherme Schell, Victor Barreto, Inconfidência, Humaitá, Expedicionário, terminando na Paróquia Nossa Senhora das Graças. O trajeto foi acompanhado pelos agentes de trânsito da Secretaria Municipal de Transportes e Mobilidade.

A Guarda Municipal também atuou durante a tradicional procissão, que acontece desde 1949 em Canoas. A unidade móvel do Centro Integrado de Comando e Controle (CICC) apoiou o evento. Representando o prefeito Luiz Carlos Busato, o secretário Municipal de Segurança Pública e Cidadania, Ranolfo Vieira Jr, ressaltou a importância da procissão para a comunidade. “É uma procissão tradicional, em um bairro tradicional da cidade, o Poder Público Municipal esteve junto dos fieis e da comunidade desta paróquia. Nos últimos dias, foi realizada a limpeza e poda de árvores nas ruas por onde passou a procissão e hoje, esteve presente garantindo a segurança no trânsito, com os agentes da Secretaria de Transportes, e a segurança das pessoas com a Guarda Municipal, inclusive com o Centro Integrado Móvel”, destacou.

A procissão de Nossa Senhora das Graças foi conduzida pelo pároco, Padre Juliano Heck, que na chegada à igreja agradeceu aos moradores que enfeitaram suas casas e à banda do Colégio Espírito Santo, que participou do evento. Os fieis foram recebidos na Paróquia Nossa Senhora das Graças por uma chuva de pétalas. Encerrando a procissão, um terço feito de balões foi jogado ao céu, simbolizando as orações da comunidade.

Após a procissão, houve missa e almoço festivo. As atividades ainda incluíram jogos e diversão para as crianças, exposição e venda de artesanato e de artigos religiosos.