FOTO: Vinicius Thormann/Prefeitura de Canoas

Da redação com informações da Prefeitura de Canoas | O prefeito de Canoas, Luiz Carlos Busato, assinou nesta sexta-feira (08) o convênio que permite o uso de armas de fogo por agentes da Guarda Municipal de Canoas. O documento, assinado pelo Poder Municipal e pela Polícia Federal, vai permitir que os guardas capacitados utilizem, em serviço, as pistolas .380 da marca Taurus, adquiridas com recursos próprios da administração municipal.

O termo será enviado novamente para a Polícia Federal e publicado no Diário Oficial da União e do município. Após estes trâmites, as armas poderão entrar em uso.

A Secretaria Municipal da Segurança Pública e Cidadania (SMSPC), através do secretário Ranolfo Vieira Júnior, concentrou esforços desde o início do ano para buscar, junto à Polícia Federal, a liberação para a utilização das armas. “Com este documento assinado, nossos agentes estarão nas ruas, juntamente com as demais forças de segurança atuantes em Canoas, trabalhando ainda mais para a redução da criminalidade na nossa cidade”, reconhece o secretário adjunto da pasta, Alberto Rocha.

Capacitação de agentes

Em agosto deste ano, 30 guardas municipais de Canoas receberam a certificação do Curso de Formação em Armamento e Tiro, realizado pela Academia de Polícia Civil (Acadepol) do Estado. A turma se soma aos 37 guardas já habilitados durante a formação profissional, quando entraram na Instituição. “Canoas poderá contar com um grande reforço na segurança pública da cidade, com agentes capacitados e treinados para a utilização da arma de fogo”, ressalta o comandante da Guarda Municipal, Fábio Reis.
O prefeito Luiz Carlos Busato também destacou a importância da preparação psicológica dos agentes. “A arma é o último recurso na segurança pública. Nossos guardas foram bem preparados e orientados para ingressarem nesta nova realidade do município de Canoas”, salienta Busato.