25630793_1650613068293113_451384800_nDa redação | O suspeito identificado como integrante do grupo criminoso que assaltou uma joalheria no interior do Big de Alvorada, que culminou na morte da dona de casa Mariza Iracema Cassol Jaques, 54 anos, no último dia 09, foi preso na noite desta quinta-feira (22), após ataque a uma farmácia da área central de Canoas.

Alexander Ferreira, 23 anos, foi detido junto com mais três homens. Os assaltantes trocaram tiros com policiais militares. Um outro indivíduo, identificado como Gilmar de Matos Costa, 33 anos, morreu no confronto.

Entre os presos, está Diomar Lopes Dias, 50, ex-policial militar, expulso da corporação na década de 1990, quando servia o 15º Batalhão de Polícia Militar (15º BPM).

25627545_1650613151626438_545742203_nEle também já foi detido com cocaína em Canoas, em 1995. Dias foi indiciado pelo ataque a uma agência do Banco do Brasil na cidade, em 2008.

Após o confronto da última noite na farmácia, os policiais militares apreenderam pistola revólver, rádio na frequência da polícia, celulares e ferramenta para abrir o cofre do local.

Fotos: redes sociais/ divulgação