Fotos: Luiz Fernando Del Rio Horn

Foto: Luiz Fernando Del Rio Horn

Da redação, com informações da Prefeitura de Caxias do Sul | O Procon Caxias do Sul realizou uma pesquisa de campo em quatro estabelecimentos comerciais da área central da cidade para verificar o preço de diversos materiais escolares. Os servidores coletaram os valores de 17 itens nas livrarias, trazendo preços mínimos e máximos. Em comparação com o levantamento realizado no ano passado, oito produtos estão mais baratos e quatro mantiveram o valor no quesito preço mínimo.

Entre os itens com redução no preço, estão: cadernos de capa dura com 200 e 100 folhas, lápis preto, borracha e tesoura. Já os cinco produtos que apresentaram alta foram: cola líquida e bastão, estojo, régua e apontador, sendo, esse último, o produto com maior aumento em relação a 2017.
Apesar dessa pequena redução, o Procon destaca o impacto das compras de materiais escolares no orçamento doméstico. Por isso, a orientação mais repassada pelo órgão é pesquisar e negociar os preços.
“Pesquisar e barganhar são as únicas defesas do consumidor nessa época de compra de materiais escolares. Às vezes, até mesmo na própria livraria, é possível encontrar produtos mais em conta. E, como são muitos itens na lista, dá para negociar um desconto no valor final da compra”, conta o coordenador do Procon, Luiz Fernando Del Rio Horn.