Foto: Prefeitura Municipal de Sapucaia do Sul/ Divulgação

Da redação | Em assembleia-geral realizada nesta segunda-feira (08), os funcionários do Hospital Getúlio Vargas, em Sapucaia do Sul, decidiram paralisar os serviços na casa hospitalar a partir da próxima sexta-feira (12), das 11h às 14h.

Os servidores reclamam da falta de pagamento dos salários referentes ao mês de janeiro e de parte do 13º. Conforme a Fundação Hospitalar Getúlio Vargas (FHGV), a falta de repasses do governo do Estado tem originado o problema.

A Fundação ressalta oferece atendimento 100% SUS e, por isso, suas fontes de receita saem apenas dos contratos com municípios e Estado, não havendo, nesse caso, receita própria.

Segundo a Secretaria Estadual da Saúde, o total de R$ 7,8 milhões deve ser pago nos próximos dias. Funcionários com salários mais baixos devem ser priorizados.

Conforme o prefeito de Sapucaia do Sul, Luis Rogério Link, recursos próprios do Município já foram usados para quitar a folha de pagamento dos trabalhadores. Além da ausência de repasses estaduais, o chefe do Executivo do Município disse que fornecedores de medicamentos e insumos têm atrasado os pagamentos.