FOTO: Polícia Civil/Divulgação

FOTO: Polícia Civil/Divulgação

Da redação | Um homem de 38 anos foi preso preventivamente na última sexta-feira (5) por ter abusado sexualmente das duas filhas de três e cinco anos. O crime aconteceu em Gramado, na Serra Gaúcha, em 2016.

A polícia só ficou sabendo do crime na última semana. A mãe das vítimas foi ao médico, pedir remédio para poder dormir. Ao profissional, ela contou os abusos que as filhas sofriam.

Conforme o delegado Gustavo Barcellos, que está investigando o caso, a equipe do posto de saúde acionou o Conselho Tutelar que informou para a Polícia Civil.

O Conselho Tutelar encaminhou a mãe e as duas meninas à Delegacia de Polícia. A partir dos depoimentos da mulher e da menina mais velha, hoje com seis anos, a Civil interpretou que havia elementos suficientes para garantir a materialidade da autoria do caso.

Depois dos depoimentos, a Polícia pediu que o acusado fosse preso. “Montamos a história e pedimos ao Poder Judiciário que a prisão dele fosse decretada”, conta o delegado.

Até esta semana, a mãe e as duas filhas ainda residiam junto do pai. Depois da prisão, foram solicitadas medidas protetivas às vítimas, que estão na casa de familiares em outra cidade.

A Polícia Civil não divulgou os nomes dos envolvidos e nem detalhes da localização do crime para não identificar a família.