Foto: Divulgação

Da redação | Entre a noite de sábado e a madrugada deste domingo, foi realizada mais uma edição da operação Balada Segura, em Cachoeirinha, na Região Metropolitana de Porto Alegre. Na ocasião, um homem foi preso por corrupção ativa, além de embriaguez ao volante, após oferecer dinheiro aos agentes de trânsito para ser liberado do teste do bafômetro. O motorista foi encaminhado à Cadeia Pública de Porto Alegre.

Ocorreu ainda a apreensão de pequena quantidade de substância entorpecente. O condutor abordado nesse caso foi detido também por dirigir sob influência de álcool.

Em outro caso, um veículo Chevette foi parado, portando aparelho que emitia sons de sirene característicos aos veículos de emergência. O motorista do automóvel não estava habilitado, pois tinha apenas licença para motocicleta. Ele também se recusou a fazer o teste do bafômetro e acabou detido.

Durante a operação, um condutor tentou fugir da blitz. Ele foi acompanhado pela Guarda Municipal e Brigada Militar até que acabou detido. Ele também se negou a realizar o teste de etilômetro.

Ao todo, a força-tarefa teve 65 veículos abordados. Foram 52 autuações, com 17 remoções de automóveis. 13 condutores foram flagrados sob influência de álcool, sendo que seis foram detidos por crime de trânsito por embriaguez (acima de 0,33 mg/l).