FOTO: O diário

FOTO: O Diário/Reprodução

Da redação | Um agente do Centro de Atendimento Socioeducativo de Novo Hamburgo, no Vale do Sinos, foi morto a tiros na noite deste sábado (27) ao sair do trabalho na entidade, no bairro Canudos.

De acordo com a Brigada Militar, o socioeducador, de 52 anos, e um colega foram atacados por criminosos em frente ao Case. A vítima tentou escapar de carro, mas morreu próximo local.

O agente foi identificado pela Fundação de Atendimento Sócio-Educativo do Rio Grande do Sul como Hadylson Padilha. O colega teve o carro atingido por tiros, mas não se feriu.

Os criminosos estavam em um Voyage branco e não foram identificados. Eles abandonaram o veículo pouco tempo depois em um terreno baldio.

A Delegacia de Homicídios de Novo Hamburgo trabalha para identificar suspeitos e apurar as causas do crime.