FOTO: Redes Sociais/Reprodução

Da redação | O posto do Banrisul de Lindolfo Collor, no Vale do Sinos, foi atacado por criminosos na madrugada desta quarta-feira (31). O local fica na Avenida Capivara, no centro da cidade, junto ao complexo que abriga salas onde funcionam algumas secretarias da prefeitura, e em frente a uma indústria de peles. A ação teria durado cerca de 10 minutos.

Conforme a Brigada Militar, os bandidos estavam em um veículo Cruze vermelho roubado. Uma equipe chegou a trocar tiros com o grupo, mas eles conseguiram fugir em direção ao município de Portão. Na fuga, os bandidos abandonaram o carro e furtaram um veículo de uma chácara no interior de Portão. Além disso, de acordo com a rádio comunitária de Lindolfo Collor, os assaltantes jogaram miguelitos na via para dificultar a perseguição da polícia.

Segundo testemunhas, os bandidos fizeram pelo menos quatro explosões até alcançar o cofre do banco. As salas da prefeitura também foram atingidas. Ainda não há confirmação sobre o valor roubado.

A Brigada Militar de Ivoti e dos municípios vizinhos estão fazendo buscas na região.

Ataque na Serra

Em São Jorge, um caixa eletrônico do Banrisul também foi alvo de bandidos. Por volta de 2h, pelo menos quatro criminosos explodiram um terminal bancário. No entanto, segundo a Brigada Militar, eles não conseguiram acessar as cédulas dos caixas e fugiram.

Um caso semelhante ocorreu no mesmo banco há menos de dois meses, quando o Grupo de Ações Táticas Especiais da Brigada Militar foi chamado, em dezembro do ano passado, para remover explosivos em dois caixas eletrônicos do Banrisul. O banco fica no andar inferior de um imóvel que tem uma moradia na parte de cima.

Vale do Taquari

Um terceiro caso ocorreu por volta de 4h em Canudos do Vale. Bandidos tentaram arrombar uma agência bancária do Sicredi. A tentativa, porém, foi frustrada pelo sistema de alarme que aciona uma cortina de fumaça. De acordo com a polícia, o grupo fugiu em uma Renault Duster preta, em direção a Lajeado.