Foto: Polícia Civil/ Divulgação

Foto: Polícia Civil/ Divulgação

Da redação | Agentes da Delegacia de Polícia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DPHPP) de Alvorada, deflagraram, na manhã desta quinta-feira (01), a Operação Caraguata, em combate a crimes contra a vida. Foram cumpridas 10 ordens judiciais, sendo seis mandados de busca e apreensão, dois de prisão preventiva e dois de internação provisória de adolescentes, no bairro Umbu. A ação resultou na prisão de duas pessoas adultas e na apreensão de dois adolescentes.

De acordo com o delegado Edimar Machado de Souza, a mulher e o homem presos, de 38 e 22 anos, e os adolescentes apreendidos, ambos de 13 anos, são suspeitos de participação em um homicídio ocorrido no dia 25 de dezembro de 2017. Na ocasião, um jovem, de 19 anos, foi morto a chutes e pauladas.

A vítima eram ex-cunhado da mulher presa, e teria sido agredida por ela e seus filhos. O homem preso também é suspeito de outro homicídio ocorrido no mesmo dia, onde uma mulher foi espancada e teve o corpo carbonizado.

“Os adultos foram presos preventivamente pela prática de homicídio, e os adolescentes foram apreendidos por ato infracional análogo ao crime de homicídio. Este grupo é suspeito de estar aterrorizando moradores de um condomínio residencial do bairro Umbu, com o objetivo de instituir o tráfico de drogas naquele local”, relata o delegado.