Da redação | A Polícia Civil realizou na madrugada desta quinta-feira (22) uma grande apreensão de armas na zona norte da Capital. Foram apreendidas 13 pistolas calibre 9mm novas, de origem turca e duas mil munições 9 mm. Duas mulheres foram presas no momento do transporte das armas.

Após dois meses de investigações, foi verificado que uma facção criminosa da capital com grande atuação na Zona Leste, organizou um plano de enfrentamento e tomada de uma região da Zona Norte de Porto Alegre. Os suspeitos escolheram propositalmente a data de grande movimentação na região devido à realização de um jogo de futebol. O plano era transportar a grande quantidade de armas durante o horário do jogo para não chamar atenção e realizar o enfrentamento com a outra facção durante a parte final da madrugada.

As duas mulheres suspeitas de fazer parte da facção criminosa e responsáveis pelo transporte foram presas. São mãe e filha, de 48 e 30 anos, sem antecedentes. As armas estavam embaladas uma a uma e acondicionadas com cera veicular dentro de uma mala de viagem. As mulheres foram abordadas na Zona Norte no momento do transporte. As armas estão avaliadas entre 130 e 200 mil reais e são de origem turca. As presas foram autuadas por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito.

Segundo o delegado Rafael Pereira a apreensão das 13 armas novas, de calibre restrito, impediram possível confronto entre facções, na guerra do tráfico de Porto Alegre.

Essa é a maior apreensão de 2018 desse tipo de amamento da Polícia Civil.

20180222080448denarc2