Foto: Polícia Civil/ Divulgação

Da redação | Uma operação de fiscalização a estabelecimentos comerciais suspeitos de furto de energia resultou na prisão de duas pessoas por furto qualificado, na manhã desta terça-feira (27), no litoral norte. Agentes da Polícia Civil e funcionários da CEEE estiveram em conjunto fiscalizando 120 lojas da região.

Foram presos o dono de uma oficina mecânica e outro responsável por um mercado. Os dois estabelecimentos, conforme a Polícia, utilizavam manobras técnicas para pagar a conta de luz por um valor mais baixo do que o consumido.

Os detidos devem responder em liberdade pelos crimes. Até o momento, não há uma estimativa do prejuízo que as empresas deram à CEEE. A operação prossegue até o fim do dia.