Da redação, com informações da PM Esteio | O prefeito de Esteio, Leonardo Pascoal, assinou nesta quarta-feira (28) convênio com o Instituto de Previdência do Estado do Rio Grande do Sul (IPE). Pelo acordo, o Hospital São Camilo vai prestar atendimentos aos segurados do IPE, sendo remunerado pelos diferentes procedimentos que serão oferecidos. O documento foi firmado, também, pelo presidente do Instituto, Otomar Vivian, e pelo diretor administrativo da Fundação de Saúde Pública São Camilo de Esteio (FSPSCE), Dilnei Garate.

“Para nós de Esteio, este ato hoje, quando completamos nosso 63º aniversário de emancipação, é motivo de grande alegria, de contentamento e de uma representatividade muito grande. Ele dá início a uma nova fase para nosso Hospital, possibilitando que a gente tenha receitas não-públicas, que vão ajudar a equilibrar as contas, a cumprir os compromissos, a ampliar os serviços que são prestados na nossa instituição e a ampliar, também, a produtividade”, destacou o prefeito.

Pascoal fez, ainda, um relato da situação encontrada no início de 2017 no São Camilo, com um déficit de mais de R$ 10 milhões, salários atrasados e estrutura precária, entre outros problemas. Para o gestor esteiense, o fim dos contratos ao transformar o hospital esteiense em 100% SUS trouxe retrocesso à casa de saúde e afastou profissionais que atendiam na instituição.

“Conseguimos no Legislativo e com os conselhos aprovar a lei para termos a volta de atendimentos por convênios e a particulares. Tenho certeza que isso vai trazer grandes avanços para o nosso hospital e, com entrada de novas receitas, gradativamente iremos diminuir os aportes de recursos que estamos fazendo desde de o início de 2017 na instituição, os direcionando para outras áreas também importantes”, comentou o prefeito, lembrando que só no ano passado a Administração Municipal repassou mais de R$ 23 milhões a FSPSCE.

De acordo Termo de Credenciamento, o Hospital disponibilizará atendimentos de urgência e emergência, obstétrica e ginecológica, UTI neonatal e adulto, centro cirúrgico, internações e fisioterapia para acamados. Os serciços serão disponibilizados após adequações técnicas que permitam o acesso do Hospital ao sistema do IPE. Segundo o Instituto, 4.226 beneficiários do Instituto residem em Esteio. O IPE tem um orçamento, hoje, de R$ 2,1 bilhão.

Além do Instituto, a Fundação São Camilo está em negociação com a Unimed e outras operadoras de serviços de saúde para fechar novos acordos.