Foto: divulgação

ASCOM PM Campo Bom | Campo Bom contará com um Hospital Escola Veterinário. O empreendimento será construído em uma área doada pela Prefeitura de Campo Bom, em um terreno junto ao Feevale Techpark. Na área de 5 mil m² será instalado o Câmpus III da Feevale, que terá o curso de Medicina Veterinária como sua primeira graduação. O projeto da Feevale é o de implementar um Cluster da Saúde no local, integrando o hospital com as empresas da área instaladas no Feevale Techpark.

O prefeito de Campo Bom Luciano Orsi promoveu a doação do terreno na tarde desta terça-feira, 27, em um encontro no Centro Administrativo. Participaram da formalidade o presidente da Associação Pró-Ensino Superior em Novo Hamburgo (Aspeur) Luiz Ricardo Bohrer, a reitora da Universidade Feevale Inajara Vargas Ramos, o pró-reitor de Inovação da Instituição Cleber Prodanov, o vice-prefeito, Beto Santos, o secretário de Meio Ambiente, João Flávio da Rosa e o chefe de Gabinete Tiago de Vargas.

O projeto deve ter investimento aproximado de R$ 22,5 milhões e o hospital prevê salas de atendimento, ala cirúrgica, pavilhões de internação, laboratório, entre outras, que darão atendimento a animais de pequeno e grande porte. A previsão é que, tão logo o curso de Medicina Veterinária receba o aval pelo Ministério da Educação, sejam iniciadas as obras.

O prefeito Luciano Orsi destacou que a ideia desta parceria com a Aspeur e a Feevale é a de oferecer um espaço para a formação e qualificação para profissionais de medicina veterinária, aperfeiçoando ainda as políticas públicas voltadas ao cuidado de animais de Campo Bom e da região. “Este campus universitário será muito importante para fomentar a qualificação de profissionais, primeiramente da medicina veterinária, e mais adiante para outros cursos. Da mesma forma sabemos que esse empreendimento abrirá oportunidades de trabalho na cidade. Além disso, servirá para aperfeiçoarmos nossas políticas públicas em relação a causa animal”, define o chefe do executivo.

A reitora Inajara Vargas Ramos destaca que este é mais um grande passo na consolidação do processo integrativo entre a universidade e o poder público de Campo Bom no que concerne à ampliação das relações comunitárias e de responsabilidade social da Feevale com sua comunidade. “É sempre gratificante constatar o quanto a Universidade é chamada a contribuir com o desenvolvimento local”, destaca.