Foto: Polícia Civil/ Divulgação

Uma mulher foi presa na manhã desta quarta-feira (14) pela Polícia Civil, em São Luiz Gonzaga, por tortura. A ação da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) ocorreu no bairro Gruta e se deu em cumprimento a mandado de prisão preventiva.

De acordo com a delegada Tanea Regina Bratz, a mulher é suspeita de agredir sua enteada. O crime teria sido motivado por um desentendimento entre ambas. Após este fato, a madrasta passou a agredir a adolescente com um pedaço de madeira e com mordidas, o que ocasionou diversas lesões à vítima.

*Com informações da Polícia Civil RS