Foto: Divulgação/ CEULJI/ULBRA

Da redação | A empresa Glory Top, de Hong Kong, arrematou seis unidades da Associação Educacional Luterana do Brasil (Aelbra), que mantém a Ulbra. A medida é decorrente de leilão realizado na tarde da última sexta-feira (16), em Canoas, quando o grupo asiático ofereceu R$ 600 milhões, metade da avaliação dos imóveis. As seis unidades estão avaliadas em R$ 1,28 bilhão.

Conforme nota da Aelbra, foram leiloadas unidades localizadas nas regiões centro-oeste e norte do País. Foi dado andamento à alienação judicial determinada pela 3ª Vara do Trabalho de Canoas a fim de saldar débitos trabalhistas. Nos próximos dias, é aguardada manifestação da Justiça do Trabalho sobre a condução da homologação da venda judicial.

O processo de transição para a Glory Top terá a mediação da Justiça do Trabalho e do Sindicato dos Professores do Ensino Privado (Sinpro/RS).

A Glory Top se torna dona do Centro Universitário Luterano de Santarém, Centro Universitário Luterano Ji-Paraná, Centro Universitário de Palmas, Instituto Luterano de Ensino Superior de Porto Velho, Centro Universitário de Manaus e Instituto de Ensino Superior de Itumbiara.

“Está assegurada a continuidade das atividades de ensino, pesquisa e extensão conforme o calendário institucional das citadas mantidas, sem prejuízo aos alunos, bolsistas ou não, respeitando suas obrigações e objetivos estatutários enquanto instituição de ensino”.