FOTO: Ricardo Stuckert/Divulgação

FOTO: Ricardo Stuckert/Divulgação

Da redação | Mais de 20 mil pessoas são esperadas nesta sexta-feira (23) no ato público que marca o encerramento da caravana do ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva (PT) pelo Rio Grande do Sul. A mobilização acontece no Largo Rui Porto a partir das 18h.

Depois de ter passado pelas cidades de Bagé, Palmeira das Missões, Passo Fundo, Ronda Alta, São Borja, Santa Maria e Santana do Livramento, Lula e outras lideranças partidárias discursaram por cerca de três horas. Já confirmaram presença no evento: Ary Vanazzi (prefeito de São Leopoldo), Dilma Rousseff, Gleisi Hoffmann, Miguel Rosetto, Olívio Dutra e Tarso Genro.

Para o presidente do Partido dos Trabalhadores em São Leopoldo, Guilherme Louzada, a vinda de Lula para a cidade é um ato histórico. “Estamos preparando uma grande mobilização do litoral, da Serra e da Região Metropolitana”, conta.

Movimento contrário a vinda de Lula

Um grupo que é contra a presença de Lula em São Leopoldo, fará um protesto no Marco Zero da Rota Romântica.

Conforme os organizadores, o protesto não tem um objetivo partidário. São esperadas mais de mil pessoas na manifestação.

Segurança reforçada

A Brigada Militar vai contar com o reforço de policiais de outras cidades do Vale do Sinos e da Região Metropolitana. O objetivo da corporação é garantir a integridade física dos participantes e evitar possíveis conflitos entre os manifestantes contrários e a favor do ex-presidente.